sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Religiões Ufológicas

O que aconteceria se uma civilização extraterrestre fizesse um contato com nós terráqueos? Criaríamos religiões?
Olá amigos hoje fiz uma pesquisa, sobre culto aos extraterrestres, não tenho a intenção de julgar crenças, apenas de mostrar o que acontece com o ser humano quando se faz um possível contato com uma civilização tecnologicamente muito mais avançadas. Como vocês já sabem, o site é de estudos ufológicos, então tudo que escrevo, por mais resumido que seja, procuro detalhar as informações. O ser humano desde o inícios de sua existência veneravam os seus deuses, vamos ver alguns fatos resumidos.
Religião na idade da pedra
Vários arqueólogos propõem que as sociedades do Paleolítico Médio, como as sociedades neandertais, poderiam ter praticado formas primitivas de toteísmo ou adoração de animais.
 
Os cultos de animais no período do Paleolítico Superior, como o culto aos ursos, podem ter tido suas origens nesses hipotéticos cultos de animais do Paleolítico Médio. 
A adoração de animais durante o Paleolítico Superior tinham relações com rituais de caça.  Por exemplo, evidências arqueológicas, desenhos nas paredes das cavernas, chamados de arte paleolítica e restos mortais de ursos revelam que o culto dos ursos aparentemente tinha um tipo de cerimonialismo de urso sacrificial no qual um urso era flechado, depois terminado com um golpe nos pulmões e enterrado ritualisticamente próximo a uma estátua de urso de argila coberta por uma pele de urso, com o crânio e o corpo do urso enterrados separadamente.
Os seres humanos neolíticos poderiam ter sido influenciados por uma mudança no pensamento, tanto quanto as mudanças no ambiente. Algumas figuras de arte primitiva descreveram as primeiras mulheres como deusas e touros como deuses.
 Imagem de um meio-ser humano meio-animal em pintura rupreste paleolítica em Dordogne, na França, que os arqueólogos acreditam que pode fornecer evidências para as primeiras práticas xamânicas
Dordogne, na França
Você já ouviu falar em Culto Cargo?
"Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível da magia". Arthur C. Clarke (1973)
Culto à carga é um movimento religioso descrito pela primeira vez na Malanésia. Ocorrem após o contato de sociedades simples com civilizações tecnologicamente mais avançadas. O nome deriva da crença que começou entre os melanésios no final do século XIX e início do século XX de que vários atos ritualísticos, como a construção de uma pista de pouso, agradaria supostos deuses que trariam riqueza material, como cargas de mercadorias ocidentais, que eram enviadas através de aviões.
Esse fenômeno já foi observado diversas vezes em casos completamente isolados. O primeiro caso que se tem registro foi o movimento "Tuka" nas ilhas Fiji em 1885, mas outros casos ocorreram periodicamente nas ilhas da Oceania.
Se tem noticia de um evento semelhante no contato de indígenas norte americanos e a população americana de origem européia. Um profeta paiute chamado Wovoka pregava que com certos rituais os ancestrais voltariam como ferrovias e uma nova terra cobriria os homens brancos. Índios amazonenses esculpiram fitas cassetes em madeira, com as quais fariam contato com espíritos.
Durante a Segunda Guerra Mundial vários casos ocorreram quando nativos tiveram contato com os exércitos dos dois lados, especialmente quando equipamentos eram jogados de para-quedas para equipes no solo. O Culto a John Frum ainda existe até hoje na ilha Tanna Vanuatu.
Até os anos 40 do século XX, em algumas ilhas do Pacífico, os índios de algumas partes remotas do Pacífico, especialmente na Melanésia, viviam isolados do mundo em suas ilhas e tinham que trabalhar muito para sobreviver. Eles adoraram seus antepassados ​​que retornariam trazendo consigo uma nova era de prosperidade.
Quando começa a Segunda Guerra Mundial no Pacífico, isso muda completamente no momento que desembarcam em suas ilhas e dentro daquelas máquinas misteriosas e magníficas saem homens brancos vestidos com roupas verdes, armas estranhas e mortais, seriam com certeza novos deuses ou seus profetas.
Esses novos deuses, pareciam ter grandes poderes, eles trouxeram latas de conservas, lanternas, leite em pó, chocolate, tabaco e todo tipo de objetos mágicos que eles começaram a dar aos nativos.
Fotografia Jonnydevil
Os nativos trabalhavam duro, seguiam rituais, faziam sacrifícios sem muitos resultados e começaram a acreditar que os deuses brancos eram melhores do que os deles.
Essas “divindades” brancas não cultivavam, não pescavam, apenas faziam rituais estranhos: escreviam em papéis, e se comunicaram com seus deuses através de caixas estranhas que emitiam ruídos e luzes (rádios). Em troca, seus deuses enviaram “bênçãos”: alimentos e roupas, bem como todos os tipos de presentes em abundância, tudo caia do céu.
Além disso, aqueles “seres” brancos vindos de um lugar distante que eles chamavam de EUA, também tinham o poder de curar doenças, verdadeiros e eficazes “curandeiros”. Uma civilização superior chegou do céu para salva-los.
A guerra terminou, e os deuses se foram, a prosperidade acabou. Então o que deveriam fazer?  Copiar os ritos das divindades brancas para, assim também agradarem aqueles deuses e poderem receber as “bênçãos” (a carga) do céu. Eles pintaram seus corpos imitando uniformes brancos, desfilaram com rifles feitos de juncos, construíram rádios com madeiras, aviões e torres de controle de madeira. Até hoje, algumas comunidades seguem os mesmos ritos esperando pelos milagres do céu.
 
 
Em uma das pequenas ilhas, Tanna, no arquipélago de Vanuatu, ainda é realizada uma vez por ano o principal rito de sua nova religião, o dia de John Frum (15 de fevereiro). 
Vanuatu
John Frum é um personagem lendário e meio real. Diz-se que ele era baixo, com cabelos brancos e um casaco com muitos botões. Há indícios que ele fosse um soldado americano e que seu nome viria porque ele se apresentaria dizendo algo como " Eu sou John, da América" e, portanto, o nome abreviado, John Frum. 
Esse “profeta” branco incomoda a estrutura social e religiosa da pequena ilha de Tanna. Ele ensina-lhes muitas coisas, assim virá um dia em que elas não terão que trabalhar, que isso será paraíso e, ao mesmo tempo, também anuncia a chegada do apocalipse. A lenda diz que ele teve três filhos: Isaac, Jacob e Lastuán (o último), embora muito poucos escolhidos pudessem vê-los e transmitir seus conhecimentos.

No passado já havia acontecido de Deus alimentar seus devotos mandando comida do céu
Êxodo 16
1 E partindo de Elim, toda a congregação dos filhos de Israel veio ao deserto de Sim, que está entre Elim e Sinai, aos quinze dias do mês segundo, depois de sua saída da terra do Egito.
2 E toda a congregação dos filhos de Israel murmurou contra Moisés e contra Arão no deserto.
3 E os filhos de Israel disseram-lhes: Quem dera tivéssemos morrido por mão do Senhor na terra do Egito, quando estávamos sentados junto às panelas de carne, quando comíamos pão até fartar! Porque nos tendes trazido a este deserto, para matardes de fome a toda esta multidão.
4 Então disse o Senhor a Moisés: Eis que vos farei chover pão dos céus, e o povo sairá, e colherá diariamente a porção para cada dia, para que eu o prove se anda em minha lei ou não.
5 E acontecerá, no sexto dia, que prepararão o que colherem; e será o dobro do que colhem cada dia.
6 Então disseram Moisés e Arão a todos os filhos de Israel: À tarde sabereis que o Senhor vos tirou da terra do Egito,
7 E amanhã vereis a glória do Senhor, porquanto ouviu as vossas murmurações contra o Senhor. E quem somos nós, para que murmureis contra nós?
8 Disse mais Moisés: Isso será quando o Senhor à tarde vos der carne para comer, e pela manhã pão a fartar, porquanto o Senhor ouviu as vossas murmurações, com que murmurais contra ele. E quem somos nós? As vossas murmurações não são contra nós, mas sim contra o Senhor.
9 Depois disse Moisés a Arão: Dize a toda a congregação dos filhos de Israel: Chegai-vos à presença do Senhor, porque ouviu as vossas murmurações.
10 E aconteceu que, quando falou Arão a toda a congregação dos filhos de Israel, e eles se viraram para o deserto, eis que a glória do Senhor apareceu na nuvem.
11 E o Senhor falou a Moisés, dizendo:
12 Tenho ouvido as murmurações dos filhos de Israel. Fala-lhes, dizendo: Entre as duas tardes comereis carne, e pela manhã vos fartareis de pão; e sabereis que eu sou o Senhor vosso Deus.
13 E aconteceu que à tarde subiram codornizes, e cobriram o arraial; e pela manhã jazia o orvalho ao redor do arraial.
14 E quando o orvalho se levantou, eis que sobre a face do deserto estava uma coisa miúda, redonda, miúda como a geada sobre a terra.
15 E, vendo-a os filhos de Israel, disseram uns aos outros: Que é isto? Porque não sabiam o que era. Disse-lhes pois Moisés: Este é o pão que o Senhor vos deu para comer.
16 Esta é a palavra que o Senhor tem mandado: Colhei dele cada um conforme ao que pode comer, um ômer por cabeça, segundo o número das vossas almas; cada um tomará para os que se acharem na sua tenda.
17 E os filhos de Israel fizeram assim; e colheram, uns mais e outros menos.
O que aconteceria se uma civilização extraterrestre fizesse um contato com nós terráqueos? Criaríamos religiões, para adora-los?
Religiões Extraterrestres
O que é religião?
Religião pode ser resumida como fé em ação. Quem tem uma religião acredita em algum tipo de força sobrenatural (Deus, deuses, espíritos, etc.), que deve ser adorado. Religião inclui as formas e os rituais de adoração, a doutrina e preceitos éticos. É também a forma como essa crença se manifesta no dia-a-dia da pessoa, é um modo de vida.
Religiosidade: significado de religiosidade no Dicionário Aurélio de Português Online: Qualidade do que é religioso. Sentimento que nos impele a reconhecer a divindade independentemente de culto determinado. Escrúpulo, zelo, pontualidade.
Religiões Ufológicas
São grupos de pessoas que geralmente acreditam que a humanidade pode ser salva depois de ser educada pelos alienígenas sobre como melhorar a sociedade. Nestes grupos, os indivíduos acreditam que a comunicação entre alienígenas e humanos pode assumir a forma de contato físico, telepática e projeção astral.  Alguns dos grupos acreditam que alienígenas virão para levar aqueles que acreditam em um local mais positivo. Quase sempre os seres extraterrestres são vistos para pedir à humanidade que melhore a si mesma e se afaste de uma sociedade de ganância e violência. As religiões ufológicas enfatizam o crescimento espiritual e a evolução da humanidade. 
I AM Religious Activity é considerada a primeira religião ufológica, fundada em 1930 por Guy Ballard, porém embora a Aetherius Society fundada por George King, também tenha recebido essa distinção. Os eruditos identificam o incidente da queda de um Ovni em Roswell, no Novo México como o início da história da espiritualidade do OVNI. 
Melodie Campbell e Stephen A. Kent descrevem o Portão do Paraíso e a Ordem do Templo Solar como um dos grupos de crenças mais controversos dos OVNIs.  Scientology é vista pelos estudiosos como uma religião OVNI, devido à sua cosmogonia Xenu e à presença da ópera espacial na doutrina de Scientology.
J. Gordon Melton identifica a primeira religião ufológica como o grupo “I AM” Activity, fundada por Guy Ballard – St. Germain é retratado acima no altar.
Listverse - Daily Highlights
Chen Tao (Caminho Certo)
Crédito da foto: MSN Specials
O ex-professor de sociologia Hon-ming Chen, criou em 1993 este já extinto culto taiwanês.
Chen misturando Cristianismo, Budismo, Nova Era e Crenças OVNIs, Chen criou muitos princípios estranhos. Estes incluíram a ideia de que a guerra nuclear criou o sistema solar e aniquilou quatro períodos de tempo diferentes e que Deus pegou sobreviventes em um disco voador. Chen fixou esses desastres e outros problemas que assolam a humanidade em almas humanas corrompidas e demônios conhecidos como "Rei Satans".
Anunciou que o fim do mundo viria durante a última semana de março de 1998. Chen acreditava que Deus apareceria na televisão em todo o mundo e logo depois haveria uma guerra nuclear e desastres naturais. Em 1996, Chen e seus seguidores se mudaram para Garland, Texas. 
Eles acreditavam que o lugar, como "Terra de Deus", os tornaria seguros do apocalipse iminente. Deus não foi para a televisão e o mundo continuou normal após a data prevista o grupo desapareceu em 2001.
Ordenação Fiat Lux
Crédito da foto: Blick
Criada em 1973 por Erika Bertschinger uma secretária suíça, após a queda de um cavalo quando bateu a cabeça.
Ao se recuperar, ela descobriu que era a “Virgem Maria” e podia se comunicar com seres transcendentais, como Jesus Cristo. Mudou seu nome para Uriella.
Ela estabeleceu seu grupo em 1980 e depois transferiu-o para sua atual sede na área da Floresta Negra na Alemanha.
O grupo acreditava que o mundo seria devastado em meados de 1998 por discos voadores nazistas e desastres naturais. Eles também acreditavam que alienígenas do bem ​​viriam para resgatar os poucos escolhidos e usá-los para reassentar um novo paraíso na Terra. No dia marcado não aconteceu nada, Uriella disse a seus membros que Deus havia temporariamente adiado o evento porque todos eles oraram muito. Desde então, o grupo espera uma nova data na agenda de Deus.
Unarius Academy Of Science
Crédito da foto: Unarius Academy Of Science
Ernest e Ruth Norman, fundaram em San Diego, em 1954 a Unarius Academy Of Science.
Ensinavam que os poderes psíquicos aumentariam se meditarem com uma suposta caveira de cristal de dez milênios chamada “Max”. Afirmando ser um grupo científico e não uma religião, ensinavam aos membros sobre “física interdimensional”, pois acreditavam que através dela poderiam responder a todas as perguntas sobre o universo e nossa existência. 
Afirmavam que, em 2001, com a chegada de extraterrestres, a terra logo se juntaria a uma coalizão de planetas que se desintegraram centenas de milhares de anos atrás, e que esse evento daria início a uma era de prosperidade. Quando isso falhou, mais tarde eles explicaram que os ataques de 11 de setembro mostraram aos alienígenas que a humanidade ainda não estava preparada para o contato com eles e, assim, adiou o evento. Os alienígenas estão esperando o ser humano melhorar seu comportamento.
Momento em que um avião se choca com uma das torres gêmeas
Forças Dimensional Exteriores
Na década de 1960, Orville Gordom o fundou as Forças Dimensional Exteriores, quando se convenceu de que os extraterrestres - conhecidos como “Forças Dimensional Exteriores” - começariam o “Armagedon” depois de verem como os humanos abusavam da Terra. Renomeando a si mesmo como Nodrog ("Gordon" de trás para frente), acreditava que seriam levados em segurança por extraterrestres no juízo final.
O grupo também teve destaque quando um de seus membros colocou uma bomba no antigo carro de um prefeito em 1980, depois que este pressionou para a compra da propriedade para transformá-la em um shopping center. Especula-se que o Gordon de 90 e poucos anos depois morreu e foi enterrado em algum lugar em sua propriedade. O grupo persistiu até hoje e seus membros podem ser encontrados em um site da seita.
A doutrina Central do Uni-Comunismo
Crédito da foto: Mensageiro Galáctico
Esta seita surgiu na Califórnia, em 1973. Fundada por Allen Noonan, um pintor que dizia ter uma série de encontros extraterrestres que diziam que ele era “o Consolador do Novo Mundo” e canal do Evangelho Eterno profetizado. ”
Depois de receber essas instruções, Noonan mudou seu nome para Allen Michael e começou a formar seu grupo a doutrina central do Uni-Comunismo. 
Os membros também acreditam em um grupo de alienígenas chamado de "Elohim Galáctico de Galactica". Segundo eles, esses alienígenas – que se dominavam criadores originais da Terra - um dia retornariam ao nosso planeta e ajudariam em sua transformação em sociedade onde a energia é livre e a injustiça não existiria.
Tempelhofgesellschaft - Sociedade de Templos
Essa seita é uma combinação de falsa superioridade racial e obsessão por UFOs, membros da Tempelhofgesellschaft (Sociedade de Templos) - é um grupo neonazista formado em Viena na década de 1990 - acreditam que a raça ariana original era na verdade do planeta Aldebaran, que veio aqui anos atrás e se estabeleceram em Atlantis.
De acordo com Tempelhofgesellschaft, esses seres levaram uma vida isolada em seu sistema solar. Eles também acreditam que os arianos / sumérios, sendo de natureza celestial, são obrigados a dominar o mundo algum dia e conquistar as outras raças, especialmente os judeus.
Por último, os membros continuam a esperar que os reforços de Aldebaran - a quem os nazistas supostamente procuraram ajuda em 1967 - cheguem em breve para ajudá-los a vencer a Segunda Guerra Mundial de uma vez por todas.
Buscadores
Em 1954, Leon Festinger, conseguiu se infiltrar e observar um culto do juízo final de Chicago UFO conhecido como "Os Buscadores". Através da “psicografada” de sua fundadora Dorothy Martin, os Buscadores acreditavam que eles estavam recebendo mensagens de seres chamado de "Guardiões", que vieram do planeta Clarion. Esses seres eventualmente alertaram o grupo de que o mundo terminaria em 21 de dezembro de 1954 e os instruiu a se preparar para um resgate naquele dia.
Na hora marcada, Martin recebeu outra mensagem dizendo que eles salvaram o mundo por causa de sua fé intensa, após isso o grupo acabou. Martin foi para o Peru e viveu lá por alguns anos. Em 1965, ela retornou ao Arizona, onde estabeleceu um novo grupo chamado Associação de Sananda e Sanat Kumara. Mesmo com o mundo já salvo, ele continuou recebendo mensagens para o grupo até falecer em 1992.
Fundação Urantia
O grupo acredita serem descendentes de alguns alienígenas chamados de “Comissão Orvonton”. Segundo eles, a Comissão - através de um médium contatou e ditou o livro de Urãntia ao médico de Chicago, WS Sadler durante a década de 1930.
Sadler formou um grupo para verificar e revisar o livro em busca de possíveis erros. Esse grupo se transformou na Urantia Foundation, que atualmente tem grupos afiliados em quase duas dúzias de países com quase 500 mil cópias do livro.
O livro é basicamente conta uma versão não convencional da história da Terra, do Universo em geral e do Cristianismo em particular. De acordo com o livro, o verdadeiro nome de Jesus era Miguel e o Universo é composto de sete anéis concêntricos, com a morada de Deus bem no meio. A Fundação Urantia também afirma que o livro suplanta a Bíblia como a autoridade definitiva da verdade.
Círculo Cósmico De Comunhão
Religião que nasceu nos anos de1950 em Chicago, fundada por William Ferguson, um carteiro de conduta duvidosa, era fraudador e foi condenado.
Dizia ter sido contatado por seres de outros planetas em sessão de meditação no ano de 1938 e que foi transportado para sétima dimensão e tornou-se um ser iluminado, alegava ter visitado Marte e Vênus nos anos de 1947 e 1954. Esta religião adorava um suposto extraterrestre chamado Krauga. Depois que Ferguson morreu em 1967, a filial de Chicago assumiu o controle do grupo e ainda está ativa hoje.
O ser humano está preparado para um contato com civilizações extraterrestres tecnologicamente mais avançadas?
Será que esse tipo de comportamento humano de criar religiões ufológicas não denigrem a ufologia, levando ao descrédito total?

Fontes de pesquisa:
Bíblia Sagrada




Fábrica de Disco Voador?

Fábrica de Discos Voadores: a evolução Outro dia recebi umas fotos de supostos discos voadores e percebi que nas fotos mais antigas...