quarta-feira, 30 de agosto de 2017

A pareidolia e as mentiras vão dominar sua mente





Tempos estranhos na ufologia
 Preste atenção no que está acontecendo senão a pareidolia e as mentiras vão dominar sua mente
É amigos da Máquina de Mistérios, estamos vivendo tempos estranhos na ufologia, parece que tem muita gente, muitas empresas, aproveitando da nossa paixão pelo fenômeno UFO, nossa curiosidade pelo que é misterioso, nossos questionamentos da possibilidade da existência de vida fora do nosso planeta.
Ultimamente vejo um grande número de livros, vídeos, mensagens, publicações em redes sociais, tudo sendo despejados em cima de nossos crânios achatando-os cada vez mais, cada um com uma teoria; muitas sem pé nem cabeça, sem origem, também tem gente séria, porém o que quero dizer que se tudo isso não for um sofisticado plano alienígena para confundir-nos é uma tremenda forma de ganhar dinheiro, temos que separar o que é verdadeiro do que é falso ou puramente uma forma de ganhar dinheiro. Nós somos inteligentes. Um exemplo para ganhar dinheiro é a criação de vídeos publicados nas redes sociais, você pode criar um vídeo e atingir muitos seguidores ter um conteúdo suficientemente relevante para despertar o interesse e audiência. Acredite, existe assunto para todos os gostos. Existem muitas matérias falsas dando muito like, gerando muito dinheiro.
Um bom exemplo para se ganhar dinheiro é que qualquer um pode criar um canal no youtube e monetizar seus vídeos e gerar receita através de anúncios – aqueles mesmos que aparecem no início ou decorrer do vídeo.(não vejo nenhum problema em ganhar dinheiro desde que com matérias verdadeiras)
Nem tudo que vemos é verdade e pode nos confundir. Tudo que lemos, assistimos podem nos influenciar muito, você já ouviu falar em pareidolia? Muitas vezes se uma pessoa está envolvida em um assunto, ela pode ficar sujeita a ser facilmente influenciada por qualquer um, ou se impressionar com qualquer coisa, até mesmo por uma simples nuvem no céu.
 Afinal, o que é Pareidolia??

 Pareidolia não é uma doença

Pareidolia é um fenômeno psicológico comum em todos os seres humanos, conhecido por fazer as pessoas reconhecerem imagens de rostos humanos ou animais em objetos, sombras, formações de luzes e em qualquer outro estímulo visual aleatório. Exemplo do que poderia ser pareidolia:
Seriam óvnis escondidos em nuvens??? Ou apenas simples nuvens, ou uma imagem criado em algum programa de computador??


Mesmo sendo mais comum a pareidolia de imagens, também tem a pareidolia de ruídos ou sons, no qual a pessoa pensa estar ouvindo palavras com alguma informação. Algumas pessoas acham que ouvir uma música ao contrário poderia encontrar, por exemplo uma mensagem satânica. Na verdade isso é pareidolia sonora.
Algumas pessoas alegam ver fantasmas, discos voadores, monstros e outros acontecimentos inexplicáveis, podem ser "vítimas" de uma pareidolia.

A pareidolia é subjetiva, isso significa que duas pessoas podem ver a mesma imagem numa determinada forma geométrica mas uma delas pode não ver a mesma imagem.
A pareidolia reflete as crenças de um indivíduo, por isso que algumas pessoas religiosas alegam ver imagens religiosas em determinados lugares, enquanto os ateus não conseguiria identificar a mesma imagem com facilidade. 
Seria uma simples mancha de umidade ou a Virgem Maria??
Acima seria uma Santa ou apenas uma árvore??
                     O renomado astrônomo Carl Sagan explicou no livro:


                       
Os humanos, como outros primatas, são um bando gregário. Gostamos da companhia uns dos outros. Somos mamíferos, e o cuidado dos pais com o filho é essencial para a continuação das linhas hereditárias. Os pais sorriem para a criança, a criança retribui o sorriso, e com isso se forja ou se fortalece um laço. Assim que o bebê consegue ver, ele reconhece faces, e sabemos agora que essa habilidade está instalada permanentemente em nossos cérebros. Os bebês que há 1 milhão de anos eram incapazes de reconhecer um rosto retribuíam menos sorrisos, eram menos inclinados a conquistar o coração dos pais e tinham menos chance de sobreviver. Nos dias de hoje, quase todos os bebês identificam rapidamente uma face humana e respondem com um sorriso bobo.
Como um efeito colateral inadvertido, o mecanismo de reconhecimento de padrões em nossos cérebros é tão eficiente em descobrir uma face em meio a muitos outros pormenores que às vezes vemos faces onde elas não existem. Reunimos pedaços desconectados de luz e sombra, e inconscientemente tentamos ver uma face.
Exemplos clássicos de pareidolia

Humano de uma tribo com crânio alongado


Essa foto seria de um crânio alongado? Lembrando que tem muitos crânios sendo apresentados como crânios alienígenas, não tem nem teste de DNA, e o inventor ainda escreve um montão de livros, essa foto seria uma enganação? Pode ser que algum apaixonado pelo assunto crânios alongados defenda essa imagem, vamos respeitar, mas nós não precisamos concordar. É só uma analogia, para não nos enganarmos.
Abaixo seria um esqueleto de um crânio alienígena alongado, encontrado no Alaska?? Algum apreciador de sorvetes pode dizer que é um delicioso sorvete de morango, o que você acha? Não se deixe enganar.

Abaixo teríamos uma cabeça de um alienígena encontrado na Nova Zelândia e colocado no sofá da casa do ufólogo?? Ops, o sapato só está com ciúmes. Verdade ou mentira??

Abaixo temos uma berinjela que foi abduzida e seu DNA alterado e se transformou em uma grande ameaça para Humanidade, um grupo secreto de alienígenas nos contou, comprem o livro. Acreditem tem gente escrevendo livro e dizendo que foram alienígenas que falaram, mas o autor diz que não pode revelar a fonte.

NASA revela que o Mickey é um extraterrestre e inclusive tem uma homenagem na lua, feita por seres extraterrestres, assistam no programa “Alienígenas Antigos”, vamos questionar gente.
A matéria parece engraçada, mas é muito séria. Lembrando que tem muitos pesquisadores e ufólogos sérios que estão se dedicando a trazer a verdade do fenômeno UFO para que todos a conheçam. Antes de defendermos algum assunto vamos pesquisar. Como todos os profissionais, de todas as áreas, penso que autores de livros, de programas, vendedores de botons alienígenas, camisetas, criadores de eventos ufológicos possam ganhar dinheiro com suas pesquisas e trabalhos, sempre com honestidade e seriedade isso é comum em qualquer lugar do mundo. Nós sabemos que existe vida extraterrestre, não deixemos que outras pessoas banalizem ou ridicularizem a ufologia.
Você gostou da matéria?  Conhece alguém que gostaria de ler essa matéria?? Já assistiu algum filme ou leu algum livro de ufologia e depois descobriu que era tudo mentira?? Deixe sua opinião, compartilhe nas redes sociais, obrigado amigo da Máquina de Mistérios
WWW.MAQUINADEMISTERIOS.COM.BR



sábado, 19 de agosto de 2017

Você foi abduzido e não sabia


Olá amigos da máquina de mistérios eu sou Carlos Moreira e hoje faço um breve relato sobre abdução, você sabia que um dia você poderá ser abduzido, se é que ainda não foi e não sabe? Preste atenção para não sumir.

Ilustração do suposto fenômeno de abdução

Em um contexto de ufologia, o termo abdução é usado para descrever, relatar, afirmar ou simplesmente levantar a hipótese de raptos, desaparecimentos temporários ou memórias supostamente reais de pessoas que teriam sido levadas secretamente, contra a própria vontade ou não, por entidades aparentemente não humanas ou de natureza e origem desconhecidas, e então submetidas a procedimentos físicos e psicológicos de complexidade não-compreendida. Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Abdu%C3%A7%C3%A3o_(ufologia) 
       








Durante anos, muitas pessoas relatam terem sido abduzidas. Temos vários casos impressionantes no Brasil, como por exemplo, o caso Célia T.R, que foi abduzida, aos 22 anos de idade, no dia 10 ou 11 de setembro de 1956 em pleno dia em Niterói no Rio de Janeiro. Este caso foi tema aqui mesmo na Máquina de Mistérios, veja no blogue. Também temos o caso do americano Travis Walton, um lenhador que ficou 5 dias dentro de uma nave e depois foi encontrado em um posto de gasolina, totalmente abalado e com lapso temporal, este caso também foi narrado aqui na Máquina de Mistérios.
                                  Célia T.R.
Em geral, os abduzidos são transportados para bordo de naves, quase sempre na madrugada enquanto dormem ou quando estão sozinhos. Há relatos de pessoas que foram levadas a bordo de naves para fora da atmosfera e até mesmo para planetas desconhecidos.


Os abduzidos quase sempre se esquecem do fenômeno obscuro da abdução e tudo que ocorre durante o período em que se encontram dentro dessas supostas naves. Não se sabe ao certo quantas pessoas são sequestradas por dia ou por ano, apenas estima-se que é há um número crescente de relatos. O motivo é que muitas pessoas nem imaginam que foram sequestradas e levadas por seres extraterrestres, e até passaram por procedimentos cirúrgicos, pois se esquecem de tudo, sua memória é apagada, tem a vaga sensação de que teve um sonho estranho, então seguem a vida normalmente, ocupando sua mente com seus trabalhos, dívidas, dinheiro, vida pessoal.
Os alienígenas não tem distinção para levar as pessoas, pode ser um trabalhador comum, um militar, médico, cientista, qualquer um que sirva aos propósitos ocultos no fenômeno, inclusive você amigo leitor e admirador da Máquina de Mistérios, pois você provavelmente é pesquisador, inquieto, sabe que eles existem.

 
   
                                                                           

Estudiosos do fenômeno da abdução dizem que o motivo desses sequestros só tem um objetivo com o experimento que conduzem em humanos, como experiências genéticas, segundo relatos para aniquilarem a raça humana e terem controle total de nossas mentes e de nossos comportamentos; fecundação de mulheres para gerarem seres híbridos e outros experimentos que desconhecemos o objetivo e o mais medonho é que continuará durante toda a vida do abduzido. Existem casos confirmados de implantes de material desconhecido em pessoas que supostamente foram abduzidos.


    
Como descobrir se realmente fomos abduzidos?
  
Especialistas dizem que através da regressão hipnótica é possível descobrir se fomos abduzidos e o que aconteceu nesse período de sequestro.
 A regressão hipnótica é um método muito utilizado por profissionais preparados e terapeutas para ajudar pessoas que afirmam ter passado pelo fenômeno de abdução, pois permite que as vítimas recuperem a parte de suas memórias que ficou bloqueada por algum tipo de trauma ou propositadamente bloqueada pelos alienígenas.


Hipnose, segundo a atual definição pela Associação Americana de Psicologia, é um estado de consciência que envolve atenção focada e consciência periférica reduzida, caracterizado por uma maior capacidade de resposta à sugestão. É um estado mental (teorias de estado) ou um tipo de comportamento (teorias de não-estado) usualmente induzidos por um procedimento conhecido como indução hipnótica, o qual é geralmente composto de uma série de instruções preliminares e sugestões. O uso da hipnose com propósitos terapêuticos é conhecido como "hipnoterapia" (fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hipnose ).

Eficiência da hipnose
 Há dúvidas na eficácia da hipnose na ajuda aos abduzidos, pois o hipnotizado pode estar suscetível a induções, persuasão do hipnotizador ou até mesmo não conseguir interpretar o fenômeno.
 Para citar apenas um dos maiores estudiosos do assunto que é o Dr. David M. Jacobs ele é filósofo e doutor em história formado pela Universidade de Winsconsin, Estados Unidos. Pioneiro na pesquisa acadêmica sobre ufologia, Dr. Jacobs iniciou seus estudos na década de 1960, percorrendo os diversos paradigmas até então desenvolvidos por cientistas e pesquisadores afim de verificar a veracidade do fenômeno ufológico e dos inúmeros relatos documentados sobre encontros com óvnis.
Nos últimos anos, dedicou-se ao exame das alegações de abdução por alienígenas, estudando pessoalmente mais de 700 casos. Os cursos de pesquisas e as polêmicas conclusões de Jacobs estão registrados nos livros A vida secreta e A ameaça. Os dois volumes são parte da Coleção Tendências do Milênio. Também recentemente lançou o livro Infiltrados – O plano alienígena para controlar a humanidade-biblioteca Ufo.


                    
                        
Numa entrevista, o doutor David Jacob afirmou: “Nós temos que ter muito cuidado com a hipnose, pois nelas as pessoas dizem coisas que não são verdadeiras.
Nesses casos, elas não estão mentindo, mas interpretando mal as recordações que lhes vem à mente”.
Jacobs sabe do que fala, graças à sua inigualável experiência na área.
“Infelizmente, existem poucos especialistas em hipnose que também tenham conhecimento do fenômeno da abdução.
Eles não distinguem quando o hipnotizado está falando a verdade, mentindo ou se enganando”, finaliza.
Para o renomado autor, muitos ufólogos tendem a acreditar em tudo o que ouvem, quando na verdade o hipnólogo precisa saber o tipo de perguntas que irá fazer e quando deverão ser feitas ao abduzido sob hipnose. Isso é difícil de aprender, ele admite. 

Dr. David Jacob
  
Poderiam alguns “abduzidos” sofrerem de paralisia do sono e pensarem terem sido abduzidos?

 A paralisia do sono é um acontecimento pouco conhecido e que é responsável por causar muito espanto e vários mitos. Ela consiste em uma condição caracterizada por paralisia temporária de todo corpo, que se sucede imediatamente após o despertar, ou mais raramente, logo após adormecer.


Entenda melhor o que é a paralisia do sono e como tratar.

Entendendo a paralisia do sono
Durante o sono mais profundo, chamando de REM, ocorre uma paralisia fisiológica do corpo, conhecida como “atonia REM”, que é responsável por preservar a integridade física do organismo, uma vez que a pessoa pode se mexer enquanto dorme e acabar se machucando.
Esse evento está intimamente relacionado com a paralisia do sono, que ocorre quando o cérebro desperta do estado REM, mas a paralisia corporal persiste. O resultado é que a pessoa fica totalmente consciente, mas incapaz de se movimentar. Para piorar a situação, o indivíduo pode literalmente sonhar acordado, sofrendo alucinações hipnagógicas.


Sonho ou realidade?
 Não é incomum pessoas que sofreram a paralisia do sono relacionarem o episódio como sendo apenas um sonho. Na verdade esse evento explica muitos relatos de sonhos onde as pessoas se veem deitadas na cama e impossibilitadas de se moverem e, de acordo com os cientistas, justifica até mesmo alguns relatos de abduções alienígenas e encontros com fantasmas.
Normalmente as alucinações que costumam acompanhar a paralisia do sono ajudam a aumentar as chances das pessoas que passam pelo problema acharem que tudo não passou de um sonho, pois objetos imaginários aparecem no quarto, se misturando com os objetos normais.


          

Sintomas da paralisia do sono
 O principal sintoma do problema é a paralisia, onde a pessoa é incapaz de mover as partes do corpo ou falar, tendo apenas um controle mínimo sobre a respiração e os olhos. Geralmente ela ocorre assim que a pessoa desperta repentinamente, pois o cérebro pensa que ela continua dormindo e mantém a atonia REM com a pessoa consciente. As alucinações são outro sintoma frequente, mas que não ocorre em todos os casos. É possível que o paciente escute sons estranhos ou sinta a presença de alguém. Essas manifestações são muito parecidas com sonhos.



,
      
Tratamento
 A maioria das pessoas não precisa de tratamento para a paralisia do sono, sendo o suficiente apenas a mudança e eliminação de alguns hábitos simples, que se relacionam com o desenvolvimento do problema. A medida mais importante é melhorar a qualidade do sono, dormido por, no mínimo, 6 horas por noite e tratamento problemas como a ansiedade e insônia, que atrapalham o descanso noturno. Em alguns casos o uso de medicação, como os antidepressivos e estimulantes do sono, podem ajudar a tratar outras doenças de base e prevenir o problema, mas devem ser indicadas por médico especialista.
A paralisia do sono é um problema pouco conhecido e que resulta em episódios extremamente desconfortáveis e assustadores, que muitas vezes podem ser confundidos com sonhos e até mesmo com encontro com fantasmas. Geralmente o problema pode ser prevenido com boas noites de sono e, em casos persistentes, é necessária uma consulta médica para melhor investigação. 
Fonte: Mundo das Tribos

As abduções acontecem realmente ou seria tudo fruto de uma imaginação derivada da paralisia do sono? E se esses sequestros acontecem o que seres tão avançados querem com isso?
Você acredita que os alienígenas estão alterando nosso DNA? E se for assim, a raça humana estaria em extinção? Seria uma guerra silenciosa, uma substituição da raça humana? E você o que faria se fosse abduzido?

Até a próxima amigo, isso se você ainda estiver aqui na terra ou numa nave espacial sendo examinados por seres alienígenas.


www.maquinademisterios.com.br
  

 www.maquinademisterios.com.br



quarta-feira, 16 de agosto de 2017

John Lennon avista um óvni em sua varanda




Olá amigos da Máquina de Mistérios, eu sou Carlos Moreira e hoje vou relatar o interessante caso de avistamento de um óvni pelo senhor John Winston Lennon mais conhecido como John Lennon, isso mesmo, nascido em Liverpool em 9 de outubro de 1940 — Nova Iorque, foi cantor, músicoguitarristacantorcompositor e escritor e ativista antiguerra.
John Lennon foi um dos fundadores da banda britânica The Beatles considerada a maior banda de rock de todos os tempos, era formada por John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr.  





Em 23 de agosto de 1974, as nove horas da noite, John Lennon estava na varanda de seu apartamento em Nova Iorque e testemunhou um objeto não identificado pairando acima de sua janela.
Ele descreveu o objeto como sendo um disco voador que piscava suas luzes com total falta de barulho de motor. "O OVNI se trasladava sem emitir som algum, no maior silêncio."  John relatou que o objeto era cinza escuro ou preto e tinha luzes brancas e ainda uma luz vermelha no topo. Chegou a fazer um desenho do OVNI.                                         
Na época Jonh Lennon estava com sua assistente e namorada que, segundo ele, “estava no quarto ao lado”, era May Pang, a atraente assistente oriental de 23 anos que estava vivendo com ele durante o Lost Weekend – período em que John esteve separado de Yoko. Eles estavam morando juntos no apartamento de May, no 434 East 52nd Street, um prédio em estilo art deco, construído em 1928.
434 East 52nd Street –apartamento de John Lennon
 May Pang, também testemunhou o evento e descreveu o acontecimento. "Parecia um cone achatado, com uma luz brilhante no topo."  


Eles também telefonaram para o jornal local para relatar o avistamento. O representante do jornal os disse que pelo menos 7 pessoas também tinham visto o OVNI.Até mesmo telefonamos para a polícia, pois estávamos muito empolgados, e eles nos disseram para ficarmos calmos porque outras pessoas também tinham avistado o objeto.Durante o restante da noite John ficou falando: ‘Eu não posso acreditar nisso… eu não posso acreditar nisso… eu vi um disco voador! ‘ “

Em 1974, aqui no Brasil, existia uma revista chamada, Revista POP que exibiu uma entrevista de John onde ele fazia perguntas a si próprio. A matéria tinha sido originalmente publicada pela revista Interview, de Andy Warhol. Segue o trecho em que John Lennon fala sobre o avistamento:
– Agora que você já está morando há aproximadamente três anos em Nova York…
– Se você prestar atenção à capa de Walls and Bridges, você verá uma pequena nota que diz: “Eu vi um Objeto Voador Não Identificado”. Por que você não me pergunta sobre isso?
No final da página de Walls and Bridges
– Ah, nem reparei. Você viu mesmo? Estava bêbado? Alto? Ligadão?
– Não. Não é nada disso. Naquela noite eu estava até muito sóbrio, deitado nu na cama, quando me deu essa vontade…
– Mas todos nós temos…
– Pois é. Eu fui para a janela, sonhando do jeito que eu costumo sonhar, e aí, ao virar a cabeça, pairando sobre o edifício ao lado, a não mais que trezentos metros, vi aquela coisa… Com lâmpadas comuns piscando, acendendo e apagando em toda a volta da parte de baixo, e uma luz vermelha que não piscava, no alto… Que diabo seria isso? Será um helicóptero? Não! Não faz barulho… Ah, já sei! Deve ser um balão. Mas balões não são assim, nem voam tão baixo… Sim, pessoal, ele estava voando (muito devagar, acho que a cerca de 50 km por hora) baixo… Muito abaixo, repito, dos telhados mais altos (isto é, mais alto do que os edifícios velhos e mais baixo do que os novos). Ele ficou lá o tempo todo, não tirei os olhos dele, mas gritei para uma amiga que estava no quarto ao lado: “Venha ver isso!” Minha amiga veio correndo e testemunhou comigo. Ninguém mais estava por perto. Tentamos tirar algumas fotos (droga de câmera, estava encrencada) com uma câmera comum. Depois, demos o filme para revelar e ele nos devolveu um negativo sem nada impresso…
Em seu livro Loving John – The Untold Story, lançado em 1983, May Pang detalhou o ocorrido:

“Tínhamos acabado de pedir pizza e, uma vez que a noite estava quente, decidimos sair no terraço. Não havia janelas de frente para nós do outro lado da rua, então John saiu sem roupas, a fim de pegar uma brisa. Eu me lembro que estava dentro do quarto me vestindo quando começou a gritar para eu sair ao terraço. Eu gritei de volta que estaria ali, mas ele continuou gritando para ir naquele instante. Quando saí, meu olho captou este objeto circular grande vindo em nossa direção. Tinha a forma de um cone achatado e ainda por cima era enorme, brilhante, tinha luz vermelha, não pulsava como uma das aeronaves convencionais. Quando se aproximou um pouco mais, poderíamos fazer uma linha ou círculo de luzes brancas que corriam ao redor da borda inteira. Eu estimo que era aproximadamente do tamanho de um jatinho e estava tão perto que se tivéssemos alguma coisa para jogar nele, provavelmente teria batido com bastante facilidade. Muitas vezes helicópteros passavam voando acima de nós, mas aquilo foi tão silencioso como a noite, 17 andares acima do nível da rua”. Nós fizemos algumas fotos, mas elas apareceram superexpostas. Nós ainda chamamos a polícia e disseram-nos para manter a calma, que outros tinham visto isso também. John passou a noite toda dizendo: ‘Eu não posso acreditar nisso… eu vi um disco voador!”.
“John sempre teve interesse em UFOs. Ele até assinou a revista britânica Flying Saucer Review. Mas depois de ver o que vimos naquela noite, se tornou ainda mais, trazendo à tona o assunto o tempo todo.”
John também falou sobre esse assunto em uma entrevista, disponível no YouTube, veja no link

John incluiu o encontro ufológico dentro de duas músicas de diferentes álbuns. 
"Like a UFO you came to me, and blew away life's misery... [Como um UFO você veio para mim e mandou embora a miséria da vida ...]" - Out of the Blue, do álbum Mind Games. 
Também "There's UFO's over New York, and I aint too surprised... [Há UFOs em Nova York, e eu não estou muito surpreso ...]" - Nobody Told Me, do álbum Milk and Honey.

No álbum Walls and Bridges, de John Lennon, lançado em 1974 (26 de setembro nos EUA e 4 de outubro na Inglaterra). Trazia, entre outros atrativos, um livreto com as letras das músicas.



                                                             

No final da primeira página desse livreto estava escrito:
                                                      

Ou seja, John afirmava que tinha visto um Objeto Voador Não Identificado, às nove horas da noite de 23 de agosto de 1974.
Ouça no youtube, Walls and Bridges:

Por volta de 23 horas da segunda-feira, 8 de dezembro de 1980, John Lennon retornava, com sua esposa Yoko Ono, de um estúdio de gravação. Quando estava entrando em sua residência, no Edifício Dakota em New York, um homem de 25 anos chamado Mark David Chapman, que no fim da tarde do mesmo dia havia se encontrado com Lennon junto com fãs e conseguido um autógrafo de Lennon em uma capa do álbum do cantor chamado Double Fantasy, sacou um revólver e efetuou cinco disparos contra Lennon, matando uma lenda e então o sonho acabou.

Qual sua opinião?
Você acha que John Lennon, um dos músicos mais famosos do mundo, realmente teve um contato visual com um óvni? E se não, porque inventaria uma história dessas, se Já tinha fama e dinheiro?
Haveria algum motivo para óvnis aparecerem para algumas personalidades?
Você acredita em disco voador? Em abdução? Seres de outros Planetas? Você já viu um Ovni?
Se você tem uma história e quiser mandar para Máquina de Mistério é só encaminhar para nosso e-mail:

maquinademisteriosufo@gmail.com, em breve o canal no youtube Máquina de Mistérios.

                                                  Máquina de Mistérios - Estudos Ufológicos

Fábrica de Disco Voador?

Fábrica de Discos Voadores: a evolução Outro dia recebi umas fotos de supostos discos voadores e percebi que nas fotos mais antigas...